Cinecartaz

Ricardo Valério

Decepção (contém spoilers)

Filme com conteúdo muito fraquinho...fiquei desconfiado assim que vi o trailer, música muito pop, vi logo que ia sair asneira.
Fui ver o filme porque sempre fui fã dos jogos e dos filmes originais com a melhor heroína de filmes de ação até à data, tirando os efeitos especiais das criaturas fantasiadas.
O realizador tinha em mãos uma boa oportunidade de fazer um primeiro bom filme (aposto que daqui vai sair uma trilogia, mentalidade pop) tinha bons atores e tendo em conta a fan base dos filmes/jogos não era difícil lucrar. O início não achei que estivesse mal de todo (apesar de nesta moda das origin stories as expectativas saem geralmente furadas) quiseram fazer uma personagem mais relatable, mas assim que começamos a entrar na história da família passa tudo a correr, as cenas saltam de uma para outra, sem uma introduçãozinha.
Também devo dizer que gostei das personagens/atores e da qualidade da filmagem, cenas bonitas etc...mas fazer uma viagem de repente, apenas dois tripulantes num barco, sem preparação, entram na tempestade (inevitável?), são capturados, ok, depois o chefe começa a matar trabalhadores para mostrar quem manda, a Lara foge, mas o Lu Ren não só não é morto ao tentar fugir como ainda fica a trabalhar com o braço ligado?!?!?! Ridículo, depois entramos nas partes óbvias tipo cliché, aquela cena fantastica do trailer em que ela salta para o avião, demorou demasiado tempo, foi demasiado dramática e claro que depois de saltar nao se consegue segurar e depois claro que o avião vai caindo aos poucos (típico) depois a Lara encontra o pai (claro!) depois de este estar 7 anos sozinho na ilha (odiei isto e estava-se mesmo a ver que ele ia acabar por morrer na mesma).... saltamos para a parte do templo (para mim ficou conhecido como templo dos clichés), lá dentro ela é que sabe o que está a fazer, mas claro que sempre que esta prestes a acontecer algo, um dos mercenarios avança em primeiro lugar como para os "avisar" (quanto muito faziam como o indiana jones na ultima cruzada), gostei do plot twist dos poderes da morte (por doença em vez de magia) e uns morrem outros vivem, claro que o pai fica para trás e claro que a Lara ia confrontar o chefe, claro que ia estar quase a morrer e claro que nesse momento o pai dela decide explodir tudo (que timing!) obviamente que ela consegue escapar. Mas uma coisa que me irritou mesmo foi terem ido todos embora no helicóptero (ainda bem que cabiam todos...) e estava um dia lindo, alias o único dia que esteve merdoso com tempestade e tudo mais foi o dia em que eles chegaram!
Resumindo péssimo! Fico triste quando são estes filme que "vendem", se o filme foi divertido? pelos atores talvez, de resto, passo...

Publicada a 29-03-2018 por Ricardo Valério