Cinecartaz

Manuel Matos

Não é western, é aborrecido que se farta

O cinema americano descobriu há algum tempo que bom, bom, é fazer actos de contrição e cumprir penitências por erros passados. Nada contra desde que não descambe para a lamechice sem sentido e esticada até ao limite do ridículo como é o caso. Este é um filme sobre índios mas mais parece um filme indiano. Christian Bale mostra uma vez mais que, seja por detrás de uma máscara ou de um bigode é um actor que não convence. Longe vão os tempos do Império do Sol

Publicada a 24-03-2018 por Manuel Matos