Cinecartaz

Nelson Gomes

Bastante bom

Tinha algumas reservas em relação a este filme, mas saí da sala de cinema bastante agradado.

A interpretação de Diane Kruger é magistral e o filme acaba por ser totalmente centrado na sua personagem Katja que interpreta, nas suas emoções e reações face à barbaridade a que foram sujeitos o seu marido e seu filho.

Paradoxalmente isto acaba desviar o filme, do que pensaríamos vendo o trailer. É "apenas" uma história de uma mulher que quer justiça, sendo apenas um pormenor o facto do seu marido ser de origem muçulmana e os seus supostos assassinos serem neo-nazis.

Publicada a 11-02-2018 por Nelson Gomes