Cinecartaz

JR

Imperdível

Gary Oldman sublime numa história de que já sabemos o princípio, o meio e o fim e, no entanto, tal a intensidade dramática que Joe Wright consegue desenvolver no seu filme, estamos presos à tela da primeira à última cena.

Publicada a 12-01-2018 por JR