Cinecartaz

JOSÉ MIGUEL COSTA

2 estrelas

James Franco realiza e protagoniza "Um Desastre de Artista", uma comédia biográfica sobre o processo de filmagem daquele que foi considerada o "pior filme do mundo", "The Room" (2003), realizado/escrito/"interpretado"/produzido/financiado (em regime de exclusividade) por Tommy Wiseau, um indivíduo excêntrico "que jorra dinheiro por todos os poros" (a roçar o débil mental - alvo de chacota por parte da comunidade cinéfila de Hollywood), sobre o qual nada se sabe. Apesar dos milhões de dólares gastos, à data da estreia foi um retumbante fiasco (tendo sido alvo de exibição apenas em 2 salas - pagas por si -, durante um curto período), todavia, com o passar dos anos, foi-se tornando um filme de culto (pelos piores motivos) lucrativo.

A interpretação de James Franco ao longo de 104 minutos soa a patética e demasiado caricatural (quase insuportável), no entanto, aquando dos créditos finais são inseridos extratos de vídeos reais do próprio biografado, e só aí percebemos o quão este foi eficaz na incorporação de todos os tiques/maneirismos/delírios do personagem. Mas isso não se revela suficiente para salvar um (tele)filme com uma narrativa desinteressante.

Publicada a 09-01-2018 por JOSÉ MIGUEL COSTA