Cinecartaz

Raul Gomes

Bom filme, mas...

Polanski cumpre mas sem nos surpreender. Apesar de não seguir caminhos óbvios, desilude-nos, pois esperávamos melhor, num filme nada perturbador como seria de esperar, pois nem Eva Green é Kathy Bates, nem Delphine de Vigan é Stephen King.

Publicada a 28-12-2017 por Raul Gomes