Cinecartaz

Paulo Martins

Destinado ao esquecimento

Versão paupérrima de uma obra já dignamente representada (mais do que uma vez) na tela.

Esta "coisa" está fatalmente destinada ao esquecimento. O que o filme tem de bom, ao nível da fotografia e de alguns enquadramentos e movimentos de câmara, não chega para o retirar do catálogo de objectos inenarráveis.

Publicada a 23-11-2017 por Paulo Martins