Cinecartaz

Nuno Alves

Duas estrelas

Depois da excelente adaptação ao cinema de "Os Maias", de Eça de Queiroz, esperava-se muito mais do novo filme de João Botelho. Infelizmente, o filme não deslumbra, nem entusiasma, ajuda-nos, quando muito, a aprofundar o conhecimento da obra de Fernão Mendes Pinto.

Publicada a 05-11-2017 por Nuno Alves