Cinecartaz

Ramiro Esteves Ferreira

Violência gratuita com pouca piada

Cerca de noventa por cento dos filmes americanos que nos impingem são sobre violência, retrato de uma sociedade em si também violenta e culturalmente imberbe. A fórmula é sempre a mesma, grandes produções, pouco conteúdo,muitos palavrões e muita ação, em que já não sabem o que inventar, a não ser a quantidade da mesma, com efeitos especiais, perseguições automóveis, carros topo de gama destruídos, etc. até à saturação, numa indústria que apenas visa o lucro, sendo tudo menos arte. No caso deste filme, classificar o mesmo como comédia, só se for como uma triste paródia de tudo o que atrás foi referido, para além de meia dúzia de piadas básicas e gastas.

Publicada a 11-09-2017 por Ramiro Esteves Ferreira