Cinecartaz

DN

Assim vale a pena ir ao cinema

Só me espanta que não haja uma palavra dos críticos do Público sobre este filme.
Sai-se da sala de cinema como se deveria sair sempre, uma pessoa diferente, que passou por uma experiência que lhe acrescentará algo enquanto pessoa.
É este filme é soberbo. A perversidade do ser humano e as suas virtudes expostas numa espécie de western religioso Neo Realista.
Obrigatório.

Publicada a 10-05-2017 por DN