Cinecartaz

João Silva

Mais do Mesmo

O desenrolar da estória é como uma viagem do Porto a Faro sempre em primeira, é um continuo mais do mesmo um pouco atabalhoado do que óbviamente já bem conhecemos. O único acontecimento que todos esperávamos ansiosamente que daria um impulso e reviravolta na estória, no fim, de facto e para espanto de todos, só a reforça com a ideia de que melhor do que uma entidade saber tudo sobre todos é todos sabermos tudo sobre todos fazendo assim saudável e alegremente a apologia a um sistema que poria fim de vez a toda a privacidade.
Sem ofensa, um filme de classe B, que parece denegrir o Campus Ring da Apple que está a ser construído em Cupertino, EUA. Nem tudo é mau, fica no ar aquele sentimento de mau estar de que parecemos estar a ser formatados pelo pensamento único com perda da privacidade e boa parte da liberdade.

Publicada a 02-05-2017 por João Silva