Cinecartaz

Nazaré

Não é totalmente mau

Dêem a este realizador bons argumentistas, porque merece-os e não os tem. Lá que sabe fazer belas imagens, jogar com as sombras como um Caravaggio, sabe. Estupendo. E temos o prazer de ouvir outra vez um filme português com uma captação de som competente. E até posso conceder que o tema de fundo - a pobreza - está tratado de maneira crua, honesta, pungente (aquele clip com música dos Tubarões é emocionante). Mas tudo isso só nos leva ao mesmo: este realizador precisa de encontrar um bom argumentista. Custa a aguentar até ao fim.

Publicada a 01-02-2015 por Nazaré